Guindaste tomba na California por erro do operador

guindaste-tombado-california

Este TEREX de quatro eixos estava efetuando um pequeno içamento na vizinhança quando o operador resolveu dar a volta em uma esquina ingreme.

De repente o eixo traseiro se levantou guindaste fazendo com que o guindaste perdesse a tração para subir e se locomover “morro acima”.

Um guincho foi utilizado para tentar resolver o caso. Porém o operador teve a “brilhante ideia” de levantar a lança do guindaste (pensou que ia resolver a questão) nisso o guindaste tomba de vez em cima de uma casa.

guindaste-tombado-california2

Felizmente ninguém se feriu.

Guindaste off-shore chega em Camburi e chama atenção

Uma grande estrutura metálica formada por duas torres, nas cores vermelho e branco, chamou a atenção dos moradores da Grande Vitória. Trata-se do maior guindaste flutuante das Américas, construído exclusivamente para o Estaleiro Jurong Aracruz (EJA). Trazido do Japão, ele chegou a Vitória neste domingo (06). A estrutura vai operar na fabricação da primeira sonda a ser utilizada na exploração do pré-sal no Estado.

O guindaste de grandes dimensões, com 110 metros de comprimento e 46 de largura, pode ser visto de vários pontos da cidade, como da Terceira Ponte, da Ilha do Boi, da Ilha do Frade e também da Praia de Camburi. Para se ter uma ideia da grandiosidade da estrutura, a capacidade de içamento é de 3.600 toneladas a uma altura de 140 metros. É o mesmo que levantar 3.600 carros até o último andar de um prédio com cerca de 40 andares, por exemplo.

Imagens do guindaste na Praia de Camburi – Crédito: Edson Chagas

As proporções do guindaste do Estaleiro Jurong Aracruz impressionou o compositor e ator Raul Assis, 23 anos. De Divinópolis, em Minas Gerais, o artista, que está de passagem pelo Estado disse, em tom de brincadeira, nunca ter visto nada igual. “Quando você olha a imensidão do mar, o infinito, você vê dois monstros saindo do mar, o impacto que causa é muito grande. Ele fica bem notável para quem está passando, não deve ter uma pessoa que não se questiona o que é”, apontou.

Quem também ficou impressionado foi o artista plástico Vinícius Castro, 21 anos. “Eu olhei e fiquei tentando entender o que era, não consegui associar porque é muito grande. A gente só sabe que deve ser para fazer algo de grande impacto”, afirmou.

O carpinteiro Cláudio Gomes Pereira, 53 anos, também ficou curioso e quase acertou ao arriscar do que se tratava a estrutura gigante. “Achei que era uma plataforma para extrair petróleo”, contou.

A diretora institucional do EJA, Luciana Sandri, explicou que a estrutura demorou cerca de dois anos para ficar pronta. Apesar de fazer parte dos projetos do Estaleiro Jurong Aracruz, o guindaste também poderá ser utilizado para prestar serviços para outras empresas do país, já que não há nenhuma outra estrutura parecida.

“É um equipamento de ponta, bastante importante para a indústria naval brasileira. Podemos dizer que é um equipamento importantíssimo no Brasil hoje, é único”, apontou.

O Estaleiro Jurong possui outro guindaste igual a este em Singapura, no Sudeste Asiático, que já opera há dois anos. Luciana Sandri explica o diferencial da estrutura. “O guindaste iça os módulos que ficam em terra, construídos. Ele faz o içamento desses módulos e coloca a bordo do casco que está atracado no cais. Como é um equipamento gigante, tem um raio de alcance bem grande, ou seja, ele fica na água e faz o içamento em terra. Esse é o diferencial dele”, afirmou.

A estrutura demorou cerca de oito semanas para chegar ao Brasil, e foi descarregado no Rio de Janeiro. O itinerário contou com pontos como Oceano Índico, Cabo da Boa Esperança, na África e Oceano Atlântico. Ele veio a bordo de um navio do tipo heavy lift, único no mundo capaz de transportar cargas extremamente pesadas, como plataformas e guindastes gigantes.

Por ser um navio que afunda em até 20 metros e necessita de águas abrigadas para descarregar o equipamento, foi necessário parar na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, já que a Baía de Vitória não possui essa profundidade e conta com mar aberto. Para o Espírito Santo, ele veio rebocado.

A previsão é de que o guindaste do EJA fique na Ilha da Galheta até esta segunda-feira (07), enquanto aguarda a nacionalização por parte da Receita Federal. Depois ele segue ao Rio de Janeiro, onde vai ficar abrigado enquanto são finalizados outros processos de registro do equipamento.

Ele ainda ganhará a bandeira do Brasil e retorna ao Estado em agosto, quando deve começar a operar o cais do Estaleiro Jurong Aracruz. Há ainda vagas abertas no Estaleiro para recrutar tripulantes para o guindaste. Interessados podem acessar o site da Jurong, e se cadastrar.

Fonte

Manitowoc 1 x 0 Sany – Briga pelo contrapeso variavel

Talvez você se lembre… talvez não.
Mas a um tempo atras, mas precisamente dia 19 de junho de 2013 (auge das manifestações #ogiganteacordou), publiquei um post relatando o duelo na justiça entre Manitowoc e Sany referente ao “contrapeso variavel”

Lembro que ambas as marcas ostentavam seus equipamentos sobre esteira com a tecnologia do contrapeso variável.

Você pode conferir aqui e aqui.

Enfim, agora que estamos situados, conhecendo, causa, equipamento de um e equipamento de outro, posso começar o POST.

ken-vs-chunli

Talvez o título já explique por si só, mas neste caso a briga começou favorável a MANITOWOC, pois o “ITC – The United State International Trade Commission” [algo como, Comissão internacional do Comércio Estadunidense]. Através do juiz determinou que a SANY violou a seção 377. Onde a Manitowoc conseguiu provar que a SANY se apropriou indevidamente de segredos comerciais.

A Manitowoc espera que a sentença saia até final deste ano.

Não conheço a legislação nacional ou estadual onde foi registrado este processo, mas acredito que esta notificação favorável a Manitowoc caiba recurso.

Veremos o próximo capitulo desta novela.

Erro em transporte excedente

Sem maiores comentários… Transportar excedente é diferente.

Guindaste tomba e sortudo escapa da morte

gmk5220-tombada

Um guindaste de 220t da Grove tombou na Alemanha sobre uma casa.

gmk5220-tombada-casa

O curioso é que minutos antes um senho de 79 anos, parou sua bicicleta para observar o içamento, e derrepente:

gmk5220-tombada-bicicleta

Surpreendentemente, ele não teve ferimentos, e nasceu de novo aos 79 anos.

Genie lança treinamento online para plataformas

Genie Lift Pro Online Telehandler Operator Training

Genie acaba de lançar o “Genie Lift Pro Online Telehandler Operator Training”, este servirá para treinar usuários de todas as plataformas do mercado que atendem as normas de segurança estipuladas:
ANSI/ITSDF B56.6 , CSA B335 e OSHA 1910.178.

O treinamento baseia-se em 4h de graficos, narrações e videos. Ao final o usuario passa por um teste de 57 questões, quando finaliza, é só imprimir o certificado de treinamento Online.

Mesmo sendo um treinamento online onde o aprendiz fica um pouco limitado se tiver duvidas, acho válida iniciativa da empresa, pois assim facilita todo o processo de aprendizado.

Guindaste tomba ao içar ar-condicionado nos EUA

Guindaste tomba ao içar ar-condicionado nos EUA-linkbelt

Este guindaste estava içando um ar-condicionado sob o teto de um centro de entretenimento no centro da cidade de Albilene no Texas, pelo que aparenta na foto parece que o ar-condicionado era muito pesado para o grande raio na capacidade do equipamento em questão.

Guindaste tomba ao içar ar-condicionado nos EUA-linkbelt2

Após o ocorrido onde ninguém se feriu, foi necessário outros 2 guindaste para efetuar o resgate.

BKT lança novo pneu de alta velocidade para guindaste

Airo-max-am-27

BKT acaba de lançar ao mercado seu novo produto, o Airomax AM27, por enquanto o tamanho disponivel é somente o 445/95 R 25, que foi desenhado para boa performace em estadas de chão e terrenos inacabados.

O novo pneu já passou por testes e foi aprovado sua rodagem até 80km/h. Além de manter 13,4t por eixo nesta mesma velocidade. A tendencia é de aumentar a capacidade em velocidades menores, no caso da necessidade de andar com contrapeso em obra.

Airo-max-am-27-2

A fabricante ainda informa que todos os pneus estão sujeitos a inspeção de raio-x, prometendo um pneu que acompanhará as líderes mundiais neste segmento na questão de quilometragem e terá um menor custo.

XCMG inaugura fabrica de guindastes em Pouso Alegre-MG

A sede em Pouso Alegre (MG) da empresa chinesa XCMG, que produz máquinas pesadas, foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (6). A instalação da empresa na cidade gerou mais mil empregos diretos e a expectativa é que as contratações cheguem a 3 mil. A multinacional estatal chinesa investiu cerca de R$ 1 bilhão na instalação da fábrica em Pouso Alegre.
A pedra fundamental da XCMG foi lançada em dezembro de 2012. Na fábrica em Pouso Alegre foram construídos quatro galpões com 256 metros cada. Uma equipe de funcionários contratada para a empresa faz treinamento na China para trabalhar no local.
Segundo representantes da empresa, esse é um dos maiores investimentos da China no Brasil nos últimos anos. O ministro interino de desenvolvimento, indústria e comércio exterior, Mauro Borges, e o vice-presidente mundial da XCMG, Wang Yan Song participaram da cerimônia.
Segundo Wang Yan Song, 60% dos produtos usados na montagem das máquinas vão ser adquiridos no Brasil. A fábrica em Pouso Alegre vai produzir e exportar parte destas máquinas para países como Argentina, Paraguai, Chile, Uruguai e África do Sul. A previsão da diretoria é de que até o final de 2015 a empresa esteja com capacidade total de produção.

Até o momento, 140 funcionários trabalham na unidade em Pouso Alegre, sendo que 70 vieram da China.

A empresa
A XCMG é uma empresa 100% do governo chinês. A sede está localizada na cidade de Xuzhou (a cerca de 1 hora de voo de Xangai). Na cidade chinesa concentra-se mais de 25 fábricas dos diversos produtos fabricados pela XCMG voltados para a construção civil e também é onde fica o centro de desenvolvimento tecnológico do grupo. Os produtos da empresa foram vendidos para mais de 130 países e regiões do mundo.
O XCMG é o maior grupo competitivo no setor da maquinaria de construção da China e possui uma grande variedade de produtos. Os principais tipos são: guindastes de construção, maquinaria de escavação e transportação, escavadora, maquinaria de construção e manutenção, maquinaria de compactação, maquinaria de concreto, maquinaria de estaca sem escavação, equipamento de construção de ferroviária, maquinaria de combate a incêndio aéreo, caminhões pesados entre outros.

Fonte

Homem se equilibra na ponta da lança de um guindaste

homem-equilibrado-na-ponta-da-lanca-do-guindaste

Esta foto esta rolando nas redes sociais de um homem com uma vassoura ou esfregão em pé sem nenhum aparato técnico de segurança como “cintos”, por mais que não se tem informações de onde foi esta “proeza” seria mais comum se fosse em um picadeiro de circo.

homem-equilibrado-na-ponta-da-lanca-do-guindaste-com-uma-vassoura

E com certeza os técnicos antes de iniciar a operação já posicionaram no estudo de rigging um “esfregão” para o alcance ser efetivo.

As pessoas que tiveram esta brilhante ideia deveriam ir presas.